4.1.12

A CIDADE MAIS VIOLENTA DO MUNDO: VALPARAISO

"Sufixo é a sílaba ou letras que se juntam ao tema ou raiz de um vocábulo para modificar a sua significação."

No vídeo acima, que busquei no
Ví o mundo: Patrão e empregado tinham uma diferença. O empregado acusava o patrão de não ter pago oito meses de salário. O patrão acusava o empregado de furto.

Os dois brigaram. A polícia militar de Goiás chegou em Valparaíso, no entorno de Brasília, algemou, espancou e prendeu… o empregado.

Ah, sim, aquilo que o rapaz preso carrega no bolso é a súmula vinculante sobre o uso das algemas emitida pelo Supremo Tribunal Federal.

A definição de "sufixo", cai como uma luva, para a cidade de Valparaiso de Goiás -GO. Um município com um população de 150 mil habitantes - com pouco mais de 60kms2 - porém, como vocês puderam observar no vídeo acima, a violência e desrespeito, parte principalmente daqueles que deveriam zelar pelo seu combate.

Dados estatísticos, dão conta de que, o pequeno país da américa latina, chamado Honduras, com 8 milhões de habitantes, que em população é 53 vezes menor que Valparaisom tem uma extensão territorial de 112.500km2, é 1.875 vezes maior, tem um índice de assassinatos de 77 pessoas para cada grupo de 100 mil habitantes, contra 75,97 de Valparaiso, demonstrando aí, que proporcionalmente, Valparaíso, pode ser comparado à uma guerra civíl, tal o índice de violência.

Esses dados, encontram se no site,
Multimídia de Valparaiso de Goiás - e dão conta de violência que está no entorno de Brasília, como por exemplo: Luziânia com 71,04; Águas Lindas com 55,17 e Novo Gama 54,73 completam o pódio das mais violentas do Brasil. Curiosamente a Prefeita de Valparaiso de Goiás, Lêda Borges é do PSDB, o Prefeito de Luziania, Célio Silveira é do PSDB e o Prefeito do Novo Gama é o Doka, também do PSDB, aliados e correligionários do Governador de Goiás, Marconi Perillo do PSDB. Será Coincidência?

Esse fato demonstra a dimensão do desprezo dispensado pelo governo de Goiás aos moradores do entorno do Distrito Federal. Ressalvadas algumas exceções, os governos municipais do entorno, tem como chefes do Poder Executivo, pessoas incompetentes e despreparadas, sem nenhum compromisso com a cidade e nem com a população.

Em Valparaiso de Goiás as maiores obras do Governo Lêda Borges com dois anos e meio de gestão são a colocação de um semáforo próximo a agencia do Banco do Brasil, ocasião em que a prefeita posou para vários jornais em cima de uma escada, como se estivesse inaugurando a ponte Estaiada de São Paulo, e o estacionamento da etapa “A”, ainda em construção. A rodoviária, o hospital, nosso estádio, mais escolas e outras obras de relevância para a cidade, necas.

A sensação de impunidade patrocinada pela ineficácia e morosidade do sistema Judiciário brasileiro, bem como o exemplo de Prefeitos(as) que governam sob liminar e outros respondendo a centenas de processos na Justiça, talvez sejam os maiores incentivadores da miséria e da violência na região.

OBS: Meu filho mais novo, por motivos de trabalho, mora em Valparaíso de Goiás, desde junho de 2011.

Nenhum comentário: